Caxambu

Nas montanhas do sul de Minas Gerais situa-se Caxambu, o maior complexo hidromineral do mundo, com 12 fontes de água mineral com propriedades diferentes.

A cidade possui um conjunto arquitetônico e paisagístico de rara beleza e um clima saudável de montanha.

Criada em 16 de setembro de 1901, a Vila de Caxambu, só foi elevada a categoria de cidade 14 anos mais tarde.

Através do colorido de suas paisagens, das belezas naturais, pelos encantos de seus jardins floridos e pelo valor inigualável de suas miraculosas águas, Caxambu vem, desde a época do Brasil colônia, conquistando seus visitantes.

 

Parque das Águas

O Parque das Águas de Caxambu, tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA), tem 210.000 m² de área e conta com 12 fontes de águas minerais, de alto poder diurético e desintoxicante, com propriedades químicas diferentes umas das outras, fluindo ininterruptamente. Os bosques, jardins e alamedas de grande beleza paisagística são perfeitos para passeios tranquilos e revitalizantes.

Dentro do parque se encontra o suntuoso Baneário Hidroterápico, construído no início do século XX em estilo neoclássico, e ricamente ornamentado com vitrais franceses. Os azulejos e pisos, vindos de Portugal e da Inglaterra, formam belíssimos mosaicos e desenhos. Em seu interior há diversos tipos de banhos, duchas e saunas.

O parque ainda dispõe de um lago com pedalinhos circundado por uma pista de cooper, possui também piscinas, quadras esportivas, playground e coreto. 

 

As 12 Fontes

Dom Pedro

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, fluoretada e radioativa. Indicada para problemas digestivos; dispepsia e digestões lentas, purifica o sistema hepato-renal. 
Não recomendada para gastrite.

Dona Leopoldina 

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, sódica e fluoretada. Normaliza as funções gastrointestinais e hepatobiliares.

D. Isabel / Conde D'Eu  

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e ferruginosa. Indicada como tônico geral, com ação anti-anêmica.

Duque de Saxe

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e sulfurosa. Indicada para o fígado e vesícula biliar; laxativa. Antisséptica e desintoxicante do aparelho digestivo. O gás sulfídrico é indicado para o aparelho respiratório.

Beleza

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e ferruginosa. Rica em sais minerais, é um grande tônico para o organismo. Possui efeito calmante, hidratante e nutritivo para a pele. Indicada para problemas alérgicos.

Viotti

Água mineral carbogasosa, ferruginosa, fluoretada e radioativa. Possui efeito diurético e depurativo; é utilizada para dissolver cálculos renais.

Venâncio

 Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada e radioativa. Indicada para hipertensão arterial. No passado foi utilizada em banhos carbogasosos.

Mayrink nº 1

Água mineral carbogasosa e radioativa. Utilizada para gargarejos. É anti-séptica e anti-inflamatória.

Mayrink nº 2

Água mineral carbogasosa, fluoretada e radioativa. Indicada para irritação nos olhos.

Mayrink nº 3

Água mineral carbogasosa, fluoretada e radioativa. Utilizada no engarrafamento, em diferentes banhos do balneário e nas piscinas.

Ernestina Guedes

Água mineral carbogasosa, bicarbonatada, cálcica, magnesiana, fluoretada, ferruginosa e radioativa. Indicada para doenças dermatológicas.

Gêiser Floriano de Lemos

É um tipo de água mineral com erupções periódicas e jatos de até 5 metros, devido a pressões de gases (gás carbônico) existentes na mesma. Não é um verdadeiro gêiser geotermal, cujas temperaturas são elevadas; esta variante é denominada gêiser de água fria (27º C).

 

Ninfa do Lago

Estátua simbolizando a divindade das águas, Originária da Bélgica, foi recebida como prêmio do concurso de águas minerais, na Europa.

 

Chico Cascateiro

Este humilde artesão português, dono de uma primorosa técnica de reproduzir a fauna e flora em estucagem, deixou várias obras no Parque das Águas como a cascatinha, a casinha de bonecas, bancos, etc.

   

.

garrafas

.

.

.

A tradição das melhores ÁGUAS inspirando a melhor CERVEJA

 

garrafas

 

 

nos

Final do ano de 2014, como de costume, um bom papo na varanda do sitio Morro Velho em Caxambu, tradicional ponto das melhores receitas da cidade, regado a boa cerveja e maravilhosos pratos do Chef Fernando Loesch. Dia para colocar a prosa em dia e, entre umas e outras, de repente, o assunto fica mais sério: surge a ideia de abrir uma sociedade, para o espanto de alguns e alegria de todos. Um negócio que agradaria principalmente aos sócios, somado a uma belo incentivo da Rosângela (sogra do William), o apoio das esposas (Flávia e Tássia) e dos demais amigos presentes, decidimos abrir uma cervejaria!

Primeira compra de um kit, vamos ver se conseguimos fazer cerveja, primeira brassagem, muito trabalho para montar o kit, ajuda indispensável dos amigos Luis Henrique e Darlene, horas de trabalho mas sucesso ao final do dia, saiu a primeira cerveja. Alguns dias depois iríamos experimentá-la, e não é que deu certo!!!Uau, é isso, que legal, ficou top!!! E assim começou nossa história.

Hoje estamos trabalhando sério, buscando produzir cervejas para os paladares mais curiosos destas terras da Mantiqueira.

Não deixem de provar nossas cervejas!!! 

garrafas

Um abraço;

Fernando Loesch e William Gallo

ladrilhos